A gente só aprende a escrever quando relê

Eu já não acredito mais em criatividade psicografada. Acho qur a qualidade vem do ensaio, da repetição atenta ao detalhe e do aperfeiçoamento constante a cada execução. Aprendi isso escrevendo, depois de bastante tempo. Por causa disso, resolvi começar hoje uma brincadeira com o GarageBand: tentar gravar, pelo menos uma vez por semana, uma música. Num programa de edição de áudio, dá pra fazer a mesma coisa que eu faço com o texto, cortar pedaços, mudar e acrescentar, ouvir e repetir os erros, aprender um pouco mais sobre o processo. O mais engraçado da sessão de hoje foi que eu não parava de pensar, enquanto tocava, num livro sobre escrita que estou lendo. Sobre como o processo de construção de frases funciona, e como isso é parecido com a maneira como a guitarra e os outros instrumentos se relacionam para formar a música. As palavras formam harmonias e dissonâncias no texto, e aprender uma forma de expressão às vezes ajuda a melhorar outra. E ainda ajuda a esquecer os problemas do trabalho. A música gravada hoje foi esta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.