Pequenos clientes: o gerente continua enlouquecido?

Não é piada. No interior do Brasil, em capitais pequenas, cidades perdidas pra deus, ainda há muita gente que nem sabe usar internet. Há negócios que não digitalizaram nada por várias razões. Uma delas é imperdoável.

A falta de hábito de fazer comunicação de empresas pequenas.

Antigamente, a padaria da esquina nunca iria anunciar na TV. Impossível, nem vamos discutir. Quatro anúncios custavam mais do que a casa onde estava instalada.

Hoje, é possível fazer anúncios, uma ideia nova de guerrilha, stunt, o que for. A mídia é barata, e as ideias, bem, também.

Não sei vocês, mas eu conheço gente que trabalha fazendo propaganda pra multinacionais, produzindo coisas grandiosas, e que não teria o menor problema de fazer um frilazinho, parir umas ideias bacanas por pouquíssimos milhares de reais. Às vezes nem um.

Ou seja, o talento capaz de gerar ideias que geram dinheiro nem cobra muito. Só não está acostumado.

Ao invés de parir 50 ideias pra Coca-Cola, aprovar 1 e jogar 49 fora, pode-se agora reaproveitar algumas delas e oferecer a empresas menores, que gerarão mais dinheiro e poderão até recompensar o criador.

Imagine só: o pequeno negócio, ao invés de juntar dinheiro o ano inteiro para botar um anúncio na televisão durante um mês (provavelmente no natal, quando todo mundo faz iso), poderia fazer dezenas de ações pequenas e baratas, e trocar o carro de uma dupla de criadores.

O que falta é iniciativa, dos dois lados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.