Promoção de RT no twitter – tem graça?

Promoção de rt no twitter é o mais medieval da propaganda digital.
Quem usa twitter sabe que há centenas de milhões de marcas fazendo promoções pedindo RT agora. Acho que comecei a ver isso por lá há uns 2 anos, e muitas marcas continuam fazendo. Funciona?

A minha opinião pessoal é que pedir RT e depois sortear era uma maneira de conseguir seguidores há algum tempo, ou de divulgar pequenas lojas desconhecidas, ou produtos que não dispõem de verba para fazer comunicação. Porém, há um problema: se todas as marcas dão produtos, brindes, test-drives, etc., aonde vai a imagem? Cadê o branding? Daqiu a 3 meses, eu vou lembrar que dei RT em alguma promoção?

Olha, sinceramente, o normal é ficarmos de saco cheio de ver gente fazendo RT de promoção. Sério. É como ganhar aqueles carros que os shoppings costumam sortear no natal: zero. E ainda perder tempo preenchendo formulário.

Então, juntei uma série de reflexões sobre o tema, porque o professor Dirceu me perguntou, e queria discutir aqui no blog com vocês. Ele achou muito estranho que, ao propor um briefing para uma turma e todo mundo sugerir a mesma resposta. Isso significa que ou todo mundo está certo ou todo mundo está redondamente enganado. Vamos pensar, então.

É natural que um aluno de publicidade do segundo período faça uma promoção de RT no twitter? Acho que sim. Mas não acho bom, nem divertido. Por quê?

  • Pedir para dar RT é uma ideia preguiçosa: ele está repetindo uma fórmula que ele conhece. Talvez o professor não, mas quem já usou o twitter sabe que isso é primeira ideia. E primeira ideia sempre é coisa de preguiçoso. Sério, galera. Vocês são inteligentes e capazes de criar algo menos tradicional, careta e chato. Se for pra fazer promoção sem pensar, contrata uma cantora de axé ou um apresentador de programa dominical e pronto. Dinheiro resolve.
  • Pedir para dar RT funciona? Aumenta meus seguidores? E minhas vendas? Cada vez menos. Igual aos sorteios, às raspadinhas, programas de milhas: quanto mais marcas usam, menos eficientes, porque o consumidor termina ficando “de saco cheio”, cansado das fórmulas. Quantos cartões de pontos nós temos hoje em dia? 4 empresas de avião, crédito, academia, até o bar da Noca tem cartão de fidelidade. Por isso, estamos tão desesperados procurando uma nova maneira de fazer promoção. Repetir quase nunca é a melhor alternativa. Lembre-se que, na internet, os resultados das promoções são bem medidos. Se não der lucro, você perde a conta.
  • Por outro lado, não tem limitação no briefing. Aí vejo um problema dos professores que pedem o trabalho. Se o briefing do professor permite, qual é o incentivo do aluno de encontrar uma solução completamente nova? O professor pede uma ideia. Mas não pede uma ideia nova. Ou, se pede, não dá exemplos. Para encontrar a verdadeira criatividade, o melhor não é mostrar cases interessantes já feitos no twitter. Deve mostrar cases que NÃO QUER VER. Por exemplo, uma promoção de RT. Por quê? Você está realmente lendo tudo?
  • É difícil encontrar uma saída realmente inovadora. Eu procuro uma, todos os dias, no trabalho. Acredito que todo profissional de comunicação também. Sabe quantas vezes encontramos? É. Quase nunca. Devemos desistir? Eu estou sempre aconselhando quem me pergunta. Se você não aguenta frustração com procurar ideias novas o tempo todo e nunca encontrar, desista da profissão. (link para desista)

Amanhã tem mais posts. Quem quiser participar da discussão, dê um RT, me siga ou apareça aqui amanhã.

0 Comments on “Promoção de RT no twitter – tem graça?”

  1. O texto está muito bom Alexandre.

    Vc se lembra da época em que apareceu os banners? Aqueles outdoorzinhos fechados no site? Acho que li começou um processo de pseudo publicidade digital, que vivemos até hj. Creio que vivemos uma pre-historia da era da publicidade digital. Estou escrevendo sobre Flash Mob (eventos, performances) e um amigo o Andre Souza disse que já está fora de moda e agora o negócio é o Balls Marketing, colocar o produto num desafio, num reality show. Gente com cola nos pés colado no teto… Aí um monte de empresas se promovem testando o produto de forma radical e daqui a pouco já sai de moda.

    A moda sempre houve so que parace é que a meta é a de cada uma durar 15 minutos.

    Creio que a verdadeira linguagem do meio digital estão nos games, nos micro mundos, games tipo SimCity, com o valor agregado se construindo pelo jeito de cada jogador. Só que game é muito caro e dificil de fazer. Mas, que acabará se impondo como a linguagem ideal da publicidade na Internet. Como o clip é para a TV convencional.Aí não haverá a modinah de cada 15 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.