Resultado da grande mudança de 2011

Janeiro deste ano, estava procurando trabalho, em qualquer parte do mundo, desde que fosse interessante e num lugar habitável. Do nada, recebo uma mensagem no LinkedIn da diretora de recursos humanos de uma agência multinacional (a parte de encontrar trabalho via LinkedIn vai receber um post especial). Respondi, mandei portfolio, fiz tudo direitinho, e o processo foi continuando.

Enquanto isso, procurava na Espanha, fazia frilas e esperava. Em março, recebi uma proposta. Salário bacana, clientes legais. Ir para a Young & Rubicam Miami escrever em português. Eles resolviam os problemas de visto, burocracias, viagem, etc.

Aceitei.

I’m gonna live in America

Fazer mudança é complicado. Lá vou eu descobrir quanto está o dólar, onde é que se pode morar, desenferrujar o inglês, como levar um gato num voo intercontinental, convencer dona Cristina Sants a ver o nascer do Sol no Atlântico…

Avisei a algumas pessoas pra onde ia, avisei na internet que não estava mais procurando ofertas mirabolantes. Anteontem, fui à Embaixada em Madrid, fazer a entrevista final, entregar o passaporte e receber o visto. Aproveitei pra tirar centenas de fotos, ver alguns queridos amigos e lugares e me despedir de uma das cidades mais maravilhosas do mundo, Madrid. Algum dia da semana que vem, embarco para Miami.

MIAMI? Como assim, Miami?

Miami é uma parte esquisita dos Estados Unidos. É Caribe, é praia, é língua espanhola. É a sede da divisão LatAm de centenas de multicorporações mundiais. Apesar de falar espanhol e inglês, o lance é para um redator brasileiro. Trabalhar para clientes americanos, criando para o Brasil. Enfim, profissionalmente é genial.

Deixando a Espanha

Eu já disse: vim pra cá pra passar um ano e meio, tops. O resto foi festa, lucro, diversão e grandes amigos. Nada que um avião não possa levar e trazer. Provavelmente vou ter que fazer um monte de posts saudosos aqui e no outro blog, um monte de despedidazinhas, mas é parte da vida.

A mudança nunca para.

E como vai ser a vida lá? Quando você vai? Vai morar onde? FAQ e tal.

Estou correndo muito para terminar tudo por aqui. Malas, fechar contas de banco, passar a régua, me despedir de gente pra caramba, etc. Para quem quiser acompanhar a minha saga caribenha, eu sugiro que comece a frequentar  esta bodega aqui.

Vou tentar continuar os trabalhos normais aqui no WKT nas próximas semanas, mas provavelmente Ovídio vai ter que escrever mais do que eu.

0 Comments on “Resultado da grande mudança de 2011”

  1. Não sei se amo mais o vídeo de abertura ou de encerramento, Tarra, amem pro seu trabalho novo! Próxima promoção Recife-Miami me espera!! :DDD Beijo no gato!

  2. Tarrasko,

    Parabéns pelo emprego, e por ter conseguido dar conta de todas as preliminares.

    Cris vai levar o liquidificador, ou ele quebrou mesmo naquele dia do skype? 🙂

  3. E houve boatos que você estava na pior.
    Se ir morar em Miami é estar na pior, poham!

    Parabéns chefia, você é ídolo.

    Agora fica mais fácil te visitar ;}

    Abração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.