Você é o que você compartilha. Eu acho que sou isso aqui.

Nós somos a soma das nossas obsessões, do que a gente faz constantemente. Meio budista e meio verdade, isso. Então, vou guardar esse post do Seth Godin pra lembrar de atualizar essa bagaça aqui. Seth’s Blog: You are what you share.

Chorão pergunta, Humberto responde

Internet, melhor lugar do mundo. Perguntas de músicas do Charlie Brown Jr., respostas dos Engenheiros do Hawaii. Surrealismo e internet, a gente vê por aqui. // atenção: isto é um meme. Se você não entendeu, perdeu playboy. // Chorão pergunta, Humberto responde.

Ou você cria, ou você quebra. Não tem outra.

O ser humano só tem três modos: construir, destruir e ficar parado. O terceiro, inclusive, pode ser uma variação do segundo, porque destrói o tempo. E se você parar bem para pensar, tudo o que você faz está construindo ou destruindo algo. [Pausa pra você tentar pensar uma possibilidade de eu estar errado. Pronto. Passou] No comecinho da nossa vida … Read More

A internet, essa imensa caixa de ódio

Reza a lenda que a caixa de Pandora, quando aberta, libertaria uma infinidade de coisas imprevisíveis. Quando nasceu a rede, não creio que muita gente fosse capaz de prever a quantidade de lixo que iria surgir. Somente Jay e Silent Bob. Eles previram, e conseguiam xingar com muito mais estilo.

Megabytes de ódio

A rede mundial de computadores™ veio pra conectar pessoas e dar voz aos silenciosos. Junto com o anonimato que praticamente todo veículo de comunicação, permite que as pessoas vocalizem pensamentos que não teriam diante de um tribunal cheio de pares, por exemplo. É como o papel, que aceita qualquer coisa, desde burrice total e absoluta até burrices especializadas como acreditar … Read More

Einstein era um gênio. As pessoas que assinam por ele, não.

Já vi umas quatro ou cinco vezes o powerpoint-jpeg bonitinho-citação de uma frase de Enstein, dizendo que é triste que as pessoas agora estejam o tempo todo prestando atenção no celular, e não nas pessoas ao redor. Século passado, era uma conversa de rádio, reclamando que as pessoas só viam televisão. Antes, um livro reclamando que agora as pessoas estavam … Read More

Hikikomori de mim mesmo

Quem prefere uma boa conversa online a uma mesa de bar? Pergunta capciosa. Resposta, até há pouco tempo, óbvia. Agora, nem tanto. Escolha racionalmente, pesando pros e contras. Nem sempre a mesa de bar é melhor. Nem toda conversa cara a cara revela mais sobre nós, agrada mais ou resolve problemas. E o problema não é tão recente, só vem … Read More

Tudo junto e misturado

Aproveitei a deixa que o ACD do meu time na agência foi pro SxSW e ficou todo WTF com a série de vídeos Everything is a remix, e resolvi rever os quatro de uma vez, num domingo modorrento de concorrência. Para quem não conhece, é IMPERIOSO que assista. São quatro vídeos curtos realizados por Kirby Ferguson explicando como a arte … Read More

O segredo de fazer um viral.

Segundo o TEDx Talk de Kevin Alloca (name not intended), assistidor profissional de vídeos do YouTube, alguns elementos são vitais para que um vídeo se torne viral. Eu sei, viral é uma palavra meio bandida na propaganda, mas eu recebi um briefing semana passada pedindo um, então me deixem. Os elementos são: Tastemakers. Os bons e velhos formadores de opinião. … Read More

A diferença entre SOPA e o caso megaupload

Depois de uma semana de #mimimi, jornalista dando o furo e não pensando, blog repetindo informação pela metade, o Bem venceu o Mal e a SOPA esfriou. Aí veio a bomba do fim do megaupload, e metade da população desinformada não entendeu. “Mas a SOPA não era pra impedir que o governo americano fechasse sites?” Era não, mizinfio. Era pra … Read More