Segredo II – (20)

O sábio observa que o sangue dentro de suas veias corre há bastante tempo, fui desde o primeiro rio e desembocará no oceano da existência. Ele contempla por um segundo que dura um milênio a selvagem paz de entender a língua dos homens e dos anjos. A brisa sopra a terra, o furacão sopra a terra. A brisa sopra a …

Segredo XV – (12)

O verão nasce no inverno Dentro da terra, a semente espera Morrer é não plantar.

Dez mil

Quantos exércitos são necessários Para invadir Um deserto?

haiku fofinho

coleção de cicatrizes marcas de memórias gravadas na carte algemas de pelúcia

Lá e lô

Quanto tempo demora Para acabar Toda esta distância?