Faça tudo, mas não se apaixone

Lembrando uma regra crucial deste blog:

Nobody breaks my heart

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *