Sinto uma séria falta de ar

Há sintomas sérios no processo doloroso de envelhecer. Um dos mais engraçados é descobrir partes do corpo. De repente, você descobre que tem, sei lá, pulmão, fígado, coluna. Não é questão de que eles aparecem. Órgãos são como luz, água ou internet: a gente só nota que existem quando eles faltam. Recentemente fiz duas descobertas estranhas. Descobri que meu olho …

The Holy Grail

Vícios normalmente são ruins. Mas, como tudo na vida, nem sempre. Adoro Monty Python já há muito tempo, nem sem quando entrei em contato. Acho que nem sabia direito o que era o Cálice Sagrado, nem a história do rei Arthur, mas já sabia a piada dos côcos e (my favourite) a das três perguntas antes de atravessar a ponte. …

Mais uma história que vai aparecer aqui já já

Estou preparando novos capítulos de Elas para publicar aqui, mas ando bastante ocupado com o novo trabalho. Além disso, estou escrevendo umas histórias novas. Domingo do dia de são valentin, estava em casa lendo o postsecret, e encontrei um ótimo, que tem muito a ver com um conto que estou preparando. Posto aqui, antes que uma pessoa compartilhe geralz.

Como saber se ela gosta de mim?

Eu leio User Friendly desde, sei lá, 2000. Ou 2001, no máximo. É a primeira tirinha que comecei a ler online, há muito e muito tempo. É sobre uma galera que trabalha num provedor de internet. Erwin é o computador com inteligência artifical. AJ é o designer, nerd e viciado em jogos, e apaixonado por Miranda, uma das únicas duas …

Lembrança do tempo que eu era um rockstar

Quando eu era criança pequena, lá em Barbacena, tinha um grupo de amigos, e nos juntávamos pra tocar música pesada e triste. Acho que são os dois melhores adjetivos pra descrever aquela barulheira. Tínhamos até umas músicas nossas, bem adolescentes e tristes, que estão na parte secreta do meu HD. Não mostraria nem na base da porrada. Mas dia desses, …

um texto de uma pessoa que desapareceu da minha vida

Estou escrevendo uns posts sobre turismo em Madri. Meio frila, meio diversão, meio recordação de tudo que vivi lá. Então encontrei uma foto do celular de uma página com um texto. E não me lembrava dele. Googlei frases, não encontrei nada. Procurei no computador, não encontrei. Até que googlei meu email, e tava lá: um email de uma amiga, dessas …

Agora fudeu tudo, de vez, olimpicamente

Se eu disser que a minha vida virou 180º, 360º ou 720º, já vai parecer clichê. Acontece todo dia. Mas como eu disse, é uma montanha-russa desgovernada, descontrolada e na velocidade máxima, e eu tô pedindo pra baixar há tempos. Parem as máquinas. Grato.

Where did you sleep last night, tiny dancer?

Quem me apresentou ao Nirvana foi a Isabel. Mil novecentos e sétima ou oitava série. RPG, Cultura Inglesa, beijos vendo o filme do Lancelot. Muito tempo atrás. Era fúria e lirismo, falta de esperança, drogas, três caras muito estranhos: o freak meio ecologista, o baterista esquisitão e o guitarrista suicida attention-seeker que se matou. Isabel era louca pelo Nirvana, até …

Citando outros

Pra quem vem pra cá, de vez em quando, lá vou eu recomendar um blog e uma menina que escreve muito divertidamente. Um índice: Da próxima vez, eu pulo em cima, ao invés de ver a banda passar. Se pular em cima e der errado, acaba assim. Mas antes de acabar, beba até o último gole d´água.