Por você, eu seria um cara certinho

Admito.

Nunca mais farei burradas na vida.

Prometo que não vou mais quebrar regras, braços, dentes ou quartos de hotel.

Cumprirei meus deveres e pagarei meus impostos.

Serei bom pai, filho, cidadão respeitável.

Não porque queira, não é da minha natureza.

Mas, que raios, se a minha natureza não for boa o suficiente para eu ter você, eu invento outra, me transformo e me deformo.

Serei o que você quiser para você continuar sendo quem é, ao meu lado.

Depois desta foto, eu juro que não faço mais nada errado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.