Praga dançante de 1518

Estrasburgo é uma cidade estranha. Foi alemã, hoje é francesa, motivo de duas guerras mundiais e da maior guerra do século XIXI.

Mas isto não é um blog de história.

É de coisas espetaculares que encontramos na vida e que, de repente, parecem poesia.

Como a epidemia de dança que atingiu a cidade, no ano de 1518. Depois que uma senhora chamada Troffea começou a dançar compulsivamente, foi seguida por até 400 pessoas, que terminaram morrendo de ataque cardíaco, exaustão e bolhas nos pés.

Sim, galere começou a dançar até morrer, Olinda feelings.

Algumas das explicações envolvem histeria coletiva, duas doenças com nomes de santo (“Fogo de Santo Antônio” e “Dança de São Vito”, dois nomes maravilhosos para histórias que não vou escrever).

Sério, um artigo da wikipédia é mais inspirador que muito livro que eu já vi por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *